sexta-feira, 11 de abril de 2008

A natureza da Vida !


Sai de casa
E começo a caminhar
Viro para o lado
E vejo a chuva chegar
Abro o guarda chuva
Os pingos não tardam a começar
A chuva era forte
E tão cedo não iria cessar
Resolvi parar, esperar e deixar!
A água correr pela rua
Que estava antes imunda
E toda sujeira a chuva levou
Alguns resquícios ficaram
E o sol voltou
As horas passaram
E um paralelo eu fiz
A chuva leva a sujeira
Leva o que um dia foi útil e hoje já não presta
Tudo fica limpo
Para o verão que vem vindo
Aquecer o que ainda restou

A chuva leva o que a natureza dispensa
O sol reanima o que a natureza ainda deixou
A natureza se transforma, se supera!
Faz jus a quem tem receio dela
Pois ninguém pode controlar o que mal conhece

A natureza da vida
É igual para todos
Seja para humanos
Seja para vegetais
Em forma de evolução diferente

Somos diferentes por fora
Somos os mesmos por dentro

Sentimos as mesmas coisas de formas questionáveis
Passamos por coisas de formas comparáveis

Por vezes,
Temos de ser fortes, resistentes
Insistentes com a própria vontade
Que por vezes nos trai
Nos deixa na mão
Nessa hora clamamos a coragem
Pra decidir o que atrapalha o coração.

Não há quem saia ileso
Não há quem esteja preparado
Tudo é surpresa
Num mundo em que nada se controla
Em que tudo evolui
E pela natureza da vida somos levados

Como um rio invisível
Que passa rasante
Que se torna constante
E desemboca onde menos esperamos
Onde nunca imaginamos
E nos ensina a remar e remar
Para poder chegar
Ao ponto do qual partimos


Para ai sim
Começar a crescer.
E nunca esquecer
Que somos todos iguais.

_
.

.
A.B.
.
.
AS MCTAS - BJS
AOS MÇOS - ABS




2 comentários:

Nanda disse...

Adoro a chuva.
Às vezes quando estou me sentindo coma aura meio pesada, tomo chuva para me lavar.
Purificar.

Beijos.

Daniela disse...

Aleeeeee...adoreiiii seu bloggg...mtoooo lindoooo..e os textos sao otimooossss =)
Parabensss!!!

bjaoooo